Saturday, January 27, 2007

Penumbra

Das ternas horas do passado resta a penumbra
Em espelhos de bruma a memória reflectindo
Sangrentas rosas de um amor cruel.


Fado Canibal [Adolfo Luxúria Canibal / Mão Morta]
Corações Felpudos,1990

1 comment:

siouxsie said...

i hate this post. you know i do.