Friday, June 02, 2006

Tarde

já é tarde. já não verei os céus inflamados de Bangkok, nem o amanhecer dourado em Kuala Lumpur. já não verei o sol cair em Burma, nem as cores quentes e febris das ruas de Jakarta. não sentirei os odores mágicos do mercado de Kermel em Dakar nem o vento quente e doce que sopra sempre de Oeste nas costas de Goa. já não verei o brilho da areia molhada nas praias de Bali, nem o sorriso aberto das raparigas de Bombaim. já não serei passageiro de uma escuna carregada de cacau e café em Madagáscar, nem verei as grandes tartarugas navegar na corrente tranquila ao largo de Samoa. já não me estenderei tranquilo as margens tórridas do Índico, nem ficarei ofuscado pelas cores brilhantes e persistentes do Pacífico Sul. já é tarde. fico em Lisboa. que é, apesar de tudo, a pátria da minha alma.

5 comments:

simon said...

well ralphie, start traveling more... before it is too late...

ralph said...

wish i could simon!...wish i could.

simon said...

breathing, sleeping, eating... shiting, pissing, traveling... eating burgers, drinking beer, smoking... and oh... loving of course... all man's basic needs.
i assume you fulfill all the others.

simon said...

it is will, not chance.

simon said...

melancholy is the ghost-pain of those who're afraid to change.